Vacinação contra gripe começa neste sábado

Fabiana Cimieri - O Estado de S.Paulo

A partir de sábado até o dia 8 de maio, toda a população acima de 60 anos poderá tomar a vacina contra gripe gratuitamente nos postos de saúde. Estudos do Ministério da Saúde mostram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonia e em 39% a 75% a mortalidade nessa faixa etária."Mesmo quem tomou no ano passado tem de se vacinar novamente porque o vírus sofre mutações. A vacina custa menos de R$ 4 por dose, enquanto que uma internação não custa menos do que R$ 1.000", comparou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, que participou ontem do lançamento da 11ª Campanha Nacional de Vacinação do Idoso, no Retiro dos Artistas, zona oeste do Rio.A meta do ministério é vacinar pelo menos 80% da população de idosos, estimada pelo IBGE em 15,5 milhões de pessoas. Em São Paulo, a meta é imunizar 3,6 milhões de idosos. Foram comprados 21 milhões de doses do Instituto Butantã, que fabrica a vacina por meio de um convênio de transferência de tecnologia com o laboratório Sanofi Pasteur. Em 2008, a meta foi atingida e 87% dos idosos foram vacinados.Por enquanto, o ministro descartou a ampliação da faixa etária de quem pode tomar a vacina pelo SUS. Crianças e adultos podem tomar a vacina em clínica particular, onde custa em torno de R$ 40. "Temos um grupo de estudos dentro do ministério que ainda não vê necessidade de ampliar para outras populações", afirmou o ministro.SAIBA MAISPor que é preciso se vacinar todo ano? O vírus da influenza sofre mutações e a vacina precisa ser atualizada com o antígeno para o que está circulandoContraindicações: pessoas com alergia à clara de ovo. Portadores de outras doenças, como aids, devem consultar seu médico