Vacina contra a doença receberá verba do BNDES

Emilio Sant?anna - O Estado de S.Paulo

A Fundação Butantã e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) firmaram ontem contrato de R$ 32 milhões para a conclusão do desenvolvimento de vacinas contra dengue, rotavírus e leishmaniose canina.De acordo com Isaías Raw, presidente da fundação, a verba será utilizada para a construção de um laboratório e compra de materiais de pesquisa. Entre as vacinas em estudo, a da dengue é a que está hoje em estágio mais avançado - resultado de uma parceria com o National Institute of Health (NIH), dos EUA.Não há prazo para chegar ao mercado. Os testes clínicos devem começar em meados de 2009. "A vacina imunizará contra os quatro sorotipos da doença", diz Raw. Até hoje, apenas três sorotipos foram identificados no País.