UTI fecha para impedir que bactéria se espalhe

- O Estado de S.Paulo

Desde o dia 2, a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Agamenon Magalhães, em Recife (PE), está fechada para novos pacientes. O objetivo é impedir a disseminação da bactéria Enterococcus faecium, multirresistente, que pode matar por infecção. A restrição será mantida até que 6 pacientes não precisem mais de cuidados intensivos. Exame indicou que a bactéria é resistente ao antibiótico vancomicina, droga de última geração indicada para o caso.