UTI é interditada por presença de bactéria

- O Estado de S.Paulo

O Hospital de Pronto-Socorro (HPS) de Porto Alegre interditou sua Unidade de Tratamento Intensivo de Traumatologia por tempo indeterminado para combater uma bactéria que contaminou 7 pacientes. O Acinetobacter sp é muito resistente a antibióticos, o que torna a cura demorada. Pacientes em estado grave são mais vulneráveis.