USP confirma 3 casos no câmpus Butantã

- O Estado de S.Paulo

FEA antecipa férias; hospital em Porto Alegre usa contêiner para isolar casos suspeitos

A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade de São Paulo (USP), na zona oeste da capital, suspendeu ontem por sete dias as aulas de todos os cursos por causa da contaminação de três alunos pelo vírus da gripe suína. Os universitários são do 3º ano de Economia matutino e do 3º ano de Contabilidade noturno. A faculdade já comunicou a ocorrência ao Ministério da Saúde. Em caso de manifestação de quaisquer sintomas, a escola indicou os Hospitais Emílio Ribas, das Clínicas e São Paulo.A Faculdade Cásper Líbero, na Avenida Paulista, decidiu ontem antecipar as férias após ser notificada de que duas alunas de Jornalismo foram contaminadas. Elas passam bem e são monitoradas. A Cultura Inglesa suspendeu até 1º de julho as atividades da filial Pinheiros após a confirmação de um caso de gripe suína em um aluno de 13 anos. No Rio, ontem à tarde, a rede suspendeu as aulas de 15 turmas em Botafogo como medida preventiva. O aluno do Colégio Santo Inácio que contraiu a doença frequenta a unidade. A Universidade Estadual de Londrina (UEL) suspendeu as atividades até as 14 horas de segunda-feira. Uma aluna da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Botucatu, infectada com a gripe suína, manteve contato com servidores e estudantes da UEL, em visita no dia 16. Por prevenção, 25 pessoas ficarão afastadas por dez dias. Em Ribeirão Preto, mais dois casos foram confirmados - a cidade acumula quatro ocorrências.CONTÊINERO Hospital Conceição, de Porto Alegre, passou ontem a atender pacientes com sintomas de gripe em um contêiner, no pátio. O sistema evita o contato de eventuais portadores do A(H1N1) com pacientes da emergência, muitos dos quais com saúde debilitada, explicou o gerente de internação, Paulo Bobek.O atendimento no contêiner é feito por uma equipe que recebe o paciente, presta informações, faz a avaliação inicial e distribui máscaras. Em casos leves, o paciente é orientado a ficar em casa. Nas situações que demandem investigação, é encaminhado a uma ala de isolamento do hospital, para exames e, se for o caso, internação.O maior posto de saúde de Friburgo, no Rio, foi fechado depois que uma funcionária contraiu a gripe suína. O centro, que recebe 2 mil pessoas por semana, ficará interditado até segunda. BRÁS HENRIQUE, CLARISSA THOMÉ, ELDER OGLIARI e ELVIS PEREIRA SAIBA MAISQuem deve evitar viajar? É recomendável que pessoas com mais de 60 anos, crianças com menos de 2 anos, gestantes e pessoas com baixa imunidade (pacientes com câncer, em tratamento para aids ou em uso regular de corticóide), diabetes, doenças do coração, doença pulmonar ou renal crônica adiem viagens Quais os destinos a serem evitados?Países onde há transmissão sustentada do vírus A(H1N1): Estados Unidos, Canadá, Mexico, Chile, Argentina e AustráliaDevo adiar ou cancelar a viagem que já tinha programado?Não necessariamente. Considere a importância da viagem, calcule os riscos e use o bom senso. Viajar não significa que você vai se contaminar. É necessário evitar pânico - até porque a taxa de letalidade da gripe suína é baixaEm caso de adiamento ou cancelamento da viagem, quais são os meus direitos?Se o destino for um dos locais seriamente afetados pela gripe, todo tipo de contrato para viagens (passagem aérea, hospedagem, cruzeiro, pacote ou outro serviço) pode ser adiado sem ônus ao consumidor, pois há motivo de força maior e o direito à saúde e segurança deve ser priorizado. O dinheiro já pago deve ser devolvido. Desde que previsto em contrato, o único custo que pode recair sobre o turista é o de despesas administrativas comprovadas feitas pela empresa contratada (por exemplo, se o bilhete aéreo já foi emitido). Caso a empresa de turismo se recuse a proceder dessa forma, o consumidor deve formalizar reclamação em entidade de defesa do consumidor Caso eu decida viajar, que cuidados devo tomar?Faça um seguro de viagem para qualquer eventualidade médica. Veja se seu seguro saúde ou plano tem cobertura no exterior. Durante a viagem, evite lugares fechados e de grande aglomeração, como estádios de futebol, shows e mercados públicos