União entre mulheres é reconhecida em SP

- O Estado de S.Paulo

A aposentada Olezia de Almeida Silva, de 57 anos, e a assistente social Cristina Manfrino, de 45 anos, formam, desde anteontem, um casal reconhecido pela Justiça, com todos os direitos previstos em lei. As duas vivem juntas há quase dez anos na cidade de Presidente Epitácio, interior de São Paulo. O reconhecimento da união estável foi anunciado pela juíza Priscila Midori Maizato, da 2ª Vara Cível do Fórum de Presidente Epitácio. É a primeira união feminina reconhecida pela Justiça no Pontal do Paranapanema.