Um dia de agradecimento pelo Sol

Alexandre Gonçalves, SÃO PAULO - O Estado de S.Paulo

Este ano festa coincide com Pêssach

Uma pequena multidão reuniu-se ontem em frente ao Estádio do Pacaembu para celebrar o Bircat Hachamá, "a bênção do Sol". O evento ocorre a cada 28 anos e assinala quando o Sol atinge o ponto onde estava no momento da criação, segundo a tradição judaica.Voltadas para o leste, as famílias agradeceram a Deus pelo dom do Sol. Uma coincidência contribuiu para tornar a celebração especial: ela ocorreu na véspera de Pêssach - a Páscoa judaica. É a terceira vez que as datas convergem, diz o rabino Daniel Eskinazi.À noite, as famílias se reuniram em casa para a cerimônia que marca o início dos sete dias da Páscoa judaica. Ao redor da mesa, ouviu-se o caçula entoar um hino indagando por que a noite solene difere das outras. Os mais velhos respondem com a narrativa bíblica da noite da libertação do povo de Israel da escravidão no Egito. PÁSCOA CRISTÃHoje começa o tríduo pascal, momento mais importante do ano para os católicos. À noite, a missa de lava-pés celebra a instituição da eucaristia - presença de Cristo no pão e no vinho consagrados. Amanhã, a adoração da cruz recorda a morte de Jesus. No sábado, ocorre a vigília que anuncia a ressurreição de Cristo.Amanhã, às 17 horas, no Autódromo de Interlagos, será realizada a 12ª edição da encenação da Paixão de Cristo. Na noite de sábado, a 25ª Caminhada da Ressurreição deve levar cerca de 100 mil fiéis para as ruas da capital. São católicos que percorrerão 13 quilômetros - do bairro da Penha até São Miguel Paulista, na zona leste - para celebrar a ressurreição de Jesus Cristo. O ponto de encontro está marcado para as 23 horas, na Igreja Nossa Senhora da Penha, na Rua Santo Afonso, 199. A via sacra está prevista para encerrar às 6 horas, na Praça Padre Monteiro Aleixo Mafra, e o encontro deve terminar por volta das 9 horas, após a celebração de uma missa e de shows de bandas católicas.Os evangélicos também comemoram com música e arte. Na Igreja Batista do Morumbi, o espetáculo A Cruz - Contraste e Verdade na História da Humanidade tentará envolver as pessoas no mistério pascal. É uma releitura da narrativa bíblica dos últimos momentos de Jesus, mas adaptada a uma linguagem contemporânea .