Três estaduais são destaque na Fuvest

- O Estado de S.Paulo

Duas escolas estaduais de Ribeirão Preto e uma de São Carlos foram as que mais aprovaram alunos de instituições públicas no último vestibular da Fuvest. "Foi surpreendente para nós", diz Marco Antonio de Azevedo, diretor da Escola Tomas Alberto Whatelly, de Ribeirão, que teve 26 aprovados. "Foi um trabalho de equipe, entre alunos e professores", diz Paulo Fernando Simmi, diretor da primeira colocada, a Otoniel Mota, com 27 aprovações. A terceira colocada foi a Escola Álvaro Guião, de São Carlos, com 19 aprovados. Somente depois apareceram instituições públicas da capital, que não tiveram os nomes divulgados pela Universidade de São Paulo.