TJ-SP nega indenização de R$ 360 mil a fumante

- O Estado de S.Paulo

A 7.ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou, por unanimidade, decisão de 1.ª instância e negou indenização de cerca de R$ 360 mil para João da Cruz Júnior, que deveria ser paga pela fabricante de cigarros Souza Cruz. O TJ alega, entre outros motivos, o "amplo conhecimento público" dos males do consumo de cigarros.