SUS vai cobrir tratamento de fertilização

Tatiana Fávaro, Campinas - O Estado de S.Paulo

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, afirmou ontem que o Sistema Único de Saúde (SUS) vai oferecer tratamento de reprodução assistida gratuito para casais que não podem arcar com os custos na rede privada. "Hoje, o casal tem de pagar um tratamento caríssimo, que deve chegar a R$ 10 mil, R$ 20 mil", disse. O ministro informou que haverá verba para esse tipo de atendimento e também para as cirurgias de mudança de sexo. "Mas tudo isso depende da regulamentação da Emenda 29 (que fixa os gastos da União, Estados e municípios com a saúde) e da definição de uma fonte segura de financiamento para o SUS."