SP cria universidade virtual

Alexandre Gonçalves - O Estado de S.Paulo

O Estado de São Paulo, por enquanto, não deve aderir ao programa do MEC de formação de professores. Ontem, o governador José Serra (PSDB) assinou o decreto de criação da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). A iniciativa oferecerá ensino a distância de graduação, especialização e extensão, com a chancela das universidades públicas paulistas - Unicamp, USP e Unesp. Mas o secretário de Ensino Superior, Carlos Vogt, não descarta a participação de instituições particulares.A previsão é realizar o primeiro processo seletivo para os cursos de graduação no próximo semestre e começar as aulas em agosto de 2009. Deverão ser oferecidas 6,6 mil vagas. A Unesp pretende abrir 5 mil vagas para o curso de Pedagogia. A USP deve oferecer 900 de licenciatura em Ciências e 700 de licenciatura em Biologia.A formação de professores para o ensino fundamental e médio é uma das prioridades do projeto. Haverá também uma associação com a Secretaria de Estado da Educação para, a partir de março, oferecer cursos de especialização aos professores da rede.Além do espaço na internet, a Univesp contará com um canal digital de TV sob coordenação da Fundação Padre Anchieta. Os alunos deverão participar de atividades presenciais semanais nos pólos de ensino.