Serra veta proibição de alimentos calóric

- O Estado de S.Paulo

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), vetou o projeto de lei que proibia a comercialização, nas unidades educacionais públicas e privadas, de lanches, bebidas ou similares de alto teor calórico, de poucos nutrientes e que contenham gorduras "trans". O veto foi declarado ontem. Veja os números da mortalidade no mundo A explicação, segundo nota oficial, é que "o governo optou pelo veto porque a medida faz utilização de conceitos vagos e imprecisos, que carecem de rigor técnico, inviabilizando sua correta aplicação e fiscalização pelos agentes da vigilância sanitária". A nota cita determinações e pareceres da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Secretaria Estadual de Saúde. A nota também dá as razões para o veto da obrigatoriedade de disponibilizar pelo menos dois tipos de frutas frescas nas cantinas das escolas, outro ponto do projeto. "Determinadas crianças, até mesmo por recomendação médica, necessitam de uma dieta rica em calorias", diz a comunicação oficial do governador de São Paulo.