São Paulo mantém veto ao Contracep

- O Estado de S.Paulo

O governo de São Paulo manteve a proibição da venda do anticoncepcional injetável Contracep no Estado. A decisão contraria medida da Anvisa, de sexta-feira, que libera o medicamento no País. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, não foi apresentado documento que comprove que as irregularidades foram sanadas.