Saiba quais cuidados tomar nas principais modalidades esportivas

Anita Efraim - O Estado de S.Paulo

Fazer musculação ajuda a melhorar o desempenho em outras atividades

Dia 19 de fevereiro é o dia do esportista, comemoração que abrange cada vez mais brasileiros. É notável o aumento de participantes nas corridas de rua e de eventos esportivos pelas cidades brasileiras, o que reforça a percepção do crescimento da importância da vida saudável. 

A prática esportiva é importante, mas é essencial tomar alguns cuidados ao fazê-lo. Cada modalidade tem sua particularidade, cuidados especiais que devem ser tomados. O coordenador do Centro de Medicina do Esporte do Hospital 9 de Julho, Ricardo Nahas, reforça a importância de consultar um médico do esporte. "Ele pode dar dois tipos de orientação: saber se você está saudável e conhecer quais seus limites", explica. 

O especialista alerta que, independente do esporte, é preciso tomar cuidado nas progressões. Elas devem ser feitas lentamente, para não correr riscos de ter lesões. 

Para o fisioterapeuta Helder Montenegro, diretor do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, toda prática esportiva exige preparação prévia, ou seja, o aquecimento. "Aquecer todas as articulações, como quadril, joelhos e tornozelos é o grande segredo para uma boa prevenção", explica. 

Antes de correr, é importante se hidratar e ingerir glicose para aguentar o exercício

Antes de correr, é importante se hidratar e ingerir glicose para aguentar o exercício Foto: Divulgação

Corrida. O esporte individual mais praticado no mundo é algo natural para as pessoas, todos podem fazer, o que não significa que os cuidados não sejam necessários. Nahas aconselha que a prática da corrida seja feita pela manhã, para evitar horários de pico tanto do calor quanto da poluição. "A temperatura é agradável e começa a haver evaporação da água, então, não é tão seco", diz o médico. Outro cuidado importante é estar hidratado antes de começar o exercício e não ter consumido bebida alcoólica no dia antes de correr, o que leva à desidratação. 

Também é importante se vestir de modo adequado às condições da prática esportiva. Em dias quentes, não é aconselhável usar roupas pesadas, assim como não se deve trajar nada muito leve quando o tempo está frio. O melhor tênis depende de onde a pessoa correrá, alguns são mais adequados para concreto e outros para solo macio.

"Não se deve correr em jejum, porque é preciso de combustível para fazer esse trabalho, e neste caso é a glicose", afirma Nahas. Sem os níveis necessários de açúcar no sangue, o atleta sofre durante a prática e pode até desmaiar. 

Montenegro indica três prevenções importantes para correr, entre elas, mobilizar as articulações. Para quem quer correr distâncias mais longas, o fisioterapeuta aponta que o esportista deve praticar musculação. A terceira indicação é alongar 15 minutos após o treino, quando a circulação já voltou ao normal. 

O uso de caleiras é importante para prevenir lesões durante o jogo

O uso de caleiras é importante para prevenir lesões durante o jogo Foto: Pixabay

Futebol. Muito popular no Brasil, os cuidados para esse esporte coletivo também dependem de onde ele será praticado. A chuteira mais adequada deve ser escolhida baseada no tipo de piso, por exemplo. 

Nahas alerta que muitas contusões ocorrem na prática do futebol pela instabilidade de se apoiar em uma perna só, enquanto a outra é usada para chutar. Para isso, o médico indica o uso de tornozeleiras e também faz outras recomendações: "existem proteções que devem ser usadas, como caneleira, que é inadmissível ficar sem". 

Os esportes coletivos, diferentemente dos individuais, como a corrida, exigem condicionamento físico especial. De acordo com Nahas, é preciso oferecer ao corpo preparo para a habilidade do futebol, se não, as chances de se machucar são maiores. 

Luvas e bancos de gel podem aumentar o conforto da prática da bicicleta

Luvas e bancos de gel podem aumentar o conforto da prática da bicicleta Foto: Cascadian Farm/ Creative Commons

Ciclismo. A altura do banco é um dos cuidados mais importantes ao pedalar. O médico do 9 de Julho indica que, para saber qual altura ideal, o esportista deve ficar em pé ao lado da bicicleta e o acento precisa estar na altura do quadril dele. Assim, ao sentar, o joelho fica levemente flexionado, o movimento rende mais e as lesões podem ser evitadas. 

"A vantagem do ciclismo é que não há tanto peso nos membros inferiores, o que poupa as articulações", explica Nahas. O médico recomenda algumas prevenções, como luvas com gel na região das mãos, para evitar calos, e bancos de gel, para não haver compressão do nervo. 

Por forçar a musculatura da coluna vertebral, o fisioterapeuta recomenda o fortalecimento com a musculação, a fim de prevenir lesões e melhorar o desempenho. 

Para ter um bom desempenho ao nadas, é importante saber como sincronizar os movimentos das pernas, braços e pescoço

Para ter um bom desempenho ao nadas, é importante saber como sincronizar os movimentos das pernas, braços e pescoço Foto: Werther Santana/ Estadão

Natação. Nahas classifica a natação como um esporte de grau de dificuldade maior, porque não é natural para as pessoas: é preciso ter um professor que ensine a nadar. "Se não for bem executado, o esporte pode acarretar em problemas, em função de repetição de movimentos e da resistência da água", afirma o médico. 

Para nadar, é preciso ter habilidade de sincronizar todos os movimentos, o batimento de pernas, dos braços e o giro do pescoço na hora de respirar. 

A importância da musculação para a natação é parecida com a do ciclismo: é preciso praticá-la para progredir na piscina. 

Para quem quer ganhar massa, o ideal é fazer musculação com bastante peso e poucas repetições

Para quem quer ganhar massa, o ideal é fazer musculação com bastante peso e poucas repetições Foto: Pixabay

Musculação. Há duas possibilidades de objetivos com a musculação e cada um demanda cuidados específicos. Para quem quer aumentar a massa muscular, é preciso usar muito peso e pouca repetição. "Nesse aspecto, a boa postura é fundamental, para que a pessoa pratique apenas aquele movimento e não se machuque", diz o especialista em esporte. A carga varia de acordo com os objetivos individuais e é importante que um educador físico ajude e supervisione durante a prática da musculação. 

Para quem quer criar resistência, é importante trabalhar com carga baixa e muitas repetições. "Nesse tipo de exercício é preciso se policiar para não fazer os movimentos de forma automática, sem prestar atenção no que está fazendo. É comum se exercitar de maneira errada e se machucar por isso", conclui.