Réveillon: faça a sua retrospectiva

Felipe Machado, do Jornal da Tarde - O Estado de S.Paulo

Eu não sei se é falta de criatividade ou preguiça, mas todo ano eu prometo sempre a mesma coisa: vou voltar a jogar futebol, nadar, correr, enfim, praticar esportes.   Faço essa promessa sempre na noite de 31 de dezembro e, como a data é invariavelmente regada a muito champagne, na manhã seguinte já esqueci tudo o que havia prometido. Às vezes, a comemoração é tão boa que esqueço até qual é o ano que está começando.   Fora o exagero, estou para conhecer alguém que consegue cumprir as promessas de réveillon. Se você consegue, parabéns. Seu ano-novo será realmente... novo. O meu será apenas uma bela continuação da minha vida atual. E é assim que eu gosto.   2007 foi excelente para alguns e trágico para outros. "Mais ou menos", dirá instintivamente a maioria das pessoas. Tivemos tragédias como o acidente da TAM e perdemos artistas importantes como Paulo Autran e Luciano Pavarotti. Em compensação, recebemos a visita do papa Bento XVI, um homem bem mais legal do que se pensava. Aplaudimos o talento dos atores Wagner Moura, de Tropa de Elite e Paraíso Tropical, e Camila Pitanga, nossa inesquecível Bebel.   Eu acho que, no fundo, no fundo, essas coisas não importam tanto assim para você. Você deve estar pensando na sua família, no seu emprego, enfim, na sua vida. Então é hora de desligar a TV, fechar a revista e fazer a sua própria retrospectiva. Você aproveitou bem seus momentos em família? Se divertiu nas baladas com os amigos? Manteve o emprego ou, melhor, ganhou uma promoção? E aquela viagem que você queria tanto fazer? Aposto que foi ótima. O quê? Você não conseguiu realizá-la? Torço então para que ela aconteça em 2008. Você merece.   Espero que a sua retrospectiva deste ano seja melhor do que a do ano passado - e pior do que a do ano que vem. Tenho um amigo que todo ano brinda e faz o mesmo pedido: saúde e dinheiro, que o resto a gente compra.   Sei que não é assim. Além de saúde, há muitas coisas boas que não se compra com nenhum dinheiro do mundo. Tomara então, que em 2008, todas elas venham de graça para você. Feliz ano-novo.   Eu queria ser esse cara Jonny Greenwood, músico O guitarrista inglês toca no Radiohead, banda que lançou o disco mais legal do ano: In Rainbows   Borracharia Letícia Carlos, coelhinha A capa da nova Playboy é ex-namorada do jogador Richarlyson... bela jogada.