Resultados podem incentivar gestores a investir

- O Estado de S.Paulo

A divulgação de resultados das escolas em avaliações pode ser uma forma de pressão para gestores investirem em educação, dizem especialistas. Em 2007, o MEC criou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e cada escola recebeu sua nota. Estabelecimentos estaduais e municipais puderam, pela primeira vez, ser comparados. O Ideb 2007 mostrou que as escolas mantidas por governos do Estado se saíram melhor. Numa escala de 0 a 10, elas tiveram 4,3. Já todas as municipais do País, juntas, ficaram com 4. "Antes, mesmo estando mais perto dos gestores com a municipalização, as famílias não tinham meios de cobrar", diz o pesquisador da FGV André Portela. Segundo ele, foi o que ocorreu no México, onde a descentralização foi acompanhada de uma responsabilização dos gestores.No Chile, o processo foi realizado nos anos 80 e não houve avanço na qualidade da educação. Na Argentina, as escolas repassadas para as províncias só melhoraram quando estavam em comunidades mais ricas.