Qualquer dieta é eficaz se reduz calorias, conclui estudo

THE NEW YORK TIMES - O Estado de S.Paulo

800 adultos seguiram 4 programas populares de perda de peso e resultados foram semelhantes

Para aqueles que tentam perder peso, não importa controlar o consumo de carboidratos, proteínas ou gorduras. A única coisa que importa é a existência de algum tipo de controle. É a descoberta do maior estudo já realizado sobre métodos para perder peso, publicado nesta semana no New England Journal of Medicine.Mais de 800 adultos acima do peso provenientes de Boston e Baton Rouge, Louisiana (EUA), foram submetidos a planos alimentares baseados em dietas populares, como a de Atkins, que enfatiza o baixo consumo de carboidratos; a Dean Ornish, que se concentra na redução das gorduras; ou a mediterrânea, que elimina ao máximo a proteína animal. Todos os envolvidos participaram também de sessões de orientação individual ou em grupo.Após dois anos, cada um dos grupos de dieta tinha perdido aproximadamente a mesma quantidade de peso.A lição: as pessoas perdem peso por meio da redução no consumo de calorias, não importa o método pelo qual isso seja feito. "De fato é algo que desmente alguns dos mitos que envolvem as dietas", diz Frank Sacks, principal autor do estudo e professor de prevenção de doenças cardiovasculares na Escola de Saúde Pública de Harvard. "Isso permite que as pessoas escolham com maior flexibilidade uma dieta que possam seguir.""Acredito que, no futuro, os pesquisadores devem se concentrar menos na dieta em si do que na determinação do que seria o principal fator responsável pelo sucesso obtido pelos indivíduos que conseguem emagrecer."