Proposta prevê 8% para docente

- O Estado de S.Paulo

O Secretário Municipal de Educação, Alexandre Schneider, reúne-se hoje com representantes dos professores da rede municipal de ensino para apresentar à categoria uma proposta de reajuste de 8,75%. O encontro será na sede da Secretaria de Gestão.Projeto aprovado em abril do ano passado pela Câmara Municipal previa aumento de 37,5% para a categoria, que poderia ser dividido em até três anos. "No ano passado já concedemos 20% e este ano estamos oferecendo metade dos 17,5% que ainda faltam", explica Schneider.No dia 17 deste mês, cerca de 800 professores realizaram manifestação para reivindicar que os 17,5% de aumento fossem concedidos já este ano - o que, segundo o secretário, não seria possível por causa da crise financeira. "Inicialmente nossa postura diante da crise era de não dar reajuste, mas o prefeito entendeu que seria correto manter o acordo e para isso foi necessário grande esforço para reduzir despesas."Schneider revela ainda que outras propostas serão apresentadas aos professores, como a gratificação por desempenho profissional e plano de carreira para o quadro de apoio escolar.