Projeto de lei cria 50 mil cargos

Simone Iwasso - O Estado de S.Paulo

O pacote de medidas na carreira do professor que deverá ser anunciado hoje pelo governo do Estado incluirá também a realização de um concurso público para contratar 10 mil professores no segundo semestre, uma das principais reivindicações do sindicato da categoria. Levantamento feito pelo Estado em fevereiro mostrou que São Paulo tem um terço dos 300 mil docentes temporários na rede pública no País. Minas, com índice de 53,5% dos professores nessa situação, e Mato Grosso, com 48,8%, são os únicos a apresentarem índices mais altos que os paulistas. Poucos Estados fazem provas para contratá-los. Um exemplo é a Secretaria da Educação cearense, que, em 2006, contratou a Universidade Estadual do Ceará (Uece) para organizar uma seleção.O governo deverá anunciar também a criação de 50 mil cargos para a secretaria, por meio de projeto de lei a ser enviado à Assembleia Legislativa.