Produzido clone humano embrionário

Washington, Efe - O Estado de S.Paulo

Novos embriões, no entanto, não foram capazes de gerar células-tronco

Cientistas americanos afirmam ter clonado um embrião humano através de oócitos (óvulos) e DNA provenientes de um doador adulto, segundo a revista Stem Cells. Os novos embriões, no entanto, não geraram células-tronco e, por isso, a pesquisa foi recebida com frieza pela comunidade científica.A pesquisa comprova que as células-tronco em transferência nuclear podem produzir embriões em etapa de blastócito (célula embrionária sem grau de diferenciação), "usando núcleos de células somáticas adultas", afirmaram os cientistas da Stemagen, empresa privada na Califórnia.O grupo, liderado por Andrew French, acrescentou que o trabalho ajuda nos estudos sobre clonagem terapêutica humana, podendo um dia levar a tratamento para Alzheimer e Parkinson.Os cientistas extraíram os núcleos de células ovulares de mulheres jovens e saudáveis. A técnica de transferência nuclear foi utilizada para inserir o DNA (extraído de fibroblastos retirados de células da pele) de um homem adulto nos oócitos. Os oócitos reconstruídos mantiveram seu desenvolvimento como embriões normais até chegar à etapa de blastócitos. Três embriões têm o DNA do fibroblasto doador.Os cientistas dizem que é preciso mais pesquisas. "Os dados não são de forma alguma a última palavra nesse tema", disse French.