Praça do Sesc Bom Retiro recebe shows de bandas independentes a partir deste domingo

- O Estado de S.Paulo

Projeto leva banda Nã a apresentar o primeiro disco neste domingo

A paulistana Banda Nã

A paulistana Banda Nã Foto: Divulgação

A partir deste domingo, 7, o Sesc Bom Retiro transforma sua praça de convivência em palco de show, com o projeto O Canto da Praça. A primeira apresentação é da banda Nã, que apresenta o seu disco de estreia, Farpa.

A banda, que surgiu na cena independente de São Paulo, passeia por ritmos como samba, punk, jazz, música experimental e ritmos afro-brasileiros e foi idealizada pelo baterista Thiago Babalu, junto ao compositor e guitarrista Michel de Moura. Nas canções, o grupo foca em temas sociais, com música politizada, mas sem deixar de lado a religiosidade e a percussão africana.

Completam o grupo, além de Babalu (bateria), Bjanka Vijunas (voz), Fernanda Broggi (voz), Rafael Noleto (voz), Thiago Pereira (double bass), Renato Ribeiro (guitarra/violão), Rogério Marttins (percussão/clarinete/sample) e Michel de Moura (guitarra/voz).

Nos próximos domingos, o projeto musical continua com a roda Samba na Feira (14 de agosto), da Escola Camisa Verde e Branco; o trio psicodélico Maglore (21 de agosto); e o cantor Márcio Lugó (28 de agosto), que apresenta o disco Liberdade Aparente. As apresentações gratuitas são sempre às 16h.

Serviço

Banda Nã

Sesc Bom Retiro,  Praça de Convivência, Alameda Nothmann, 185,

Entrada gratuita

Domingo, 7, às 16h.