Polícia retira alunos que invadiram a PUC

- O Estado de S.Paulo

Os cerca de 150 estudantes que ocupavam desde a última segunda-feira a reitoria da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) foram retirados do local na madrugada de ontem, por volta das 3 horas, por soldados do Batalhão de Choque da Polícia Militar. Não houve resistência nem violência. O mandado judicial de reintegração de posse havia sido concedido à PUC-SP no meio da semana, pelo juiz Felipe de Melo Franco, da 24.ª Vara Cível. De acordo com a reitora da PUC-SP, Maura Véras, será aberta uma investigação interna para apurar as responsabilidades e os danos causados ao patrimônio da universidade durante os dias da ocupação. Segundo a PUC-SP, houve "depredação". Os alunos haviam invadido a reitoria para protestar contra um projeto de reestruturação administrativa na instituição.