Poeta cabo-verdiano ganha Prêmio Camões

- O Estado de S.Paulo

O poeta Arménio Vieira, de Cabo Verde, venceu o Prêmio Luís de Camões deste ano. No valor de 100 mil euros, foi instituído em 1988 pelos governos do Brasil e de Portugal como forma de aproximar os países de língua portuguesa. Vieira foi o primeiro cabo-verdiano laureado. É jornalista, tem 68 anos e publicou seu primeiro livro em 1981. O Eleito do Sol (1990) é considerado sua obra mais importante. Vieira foi avisado ontem, pouco antes do anúncio, no Rio. A escolha é feita por uma comissão formada pelo Ministério da Cultura brasileiro e a Secretaria de Cultura de Portugal.