Poesia produzida durante a ditadura militar inspira sarau em SP

- O Estado de S.Paulo

Casa das Rosas recebe no sábado poetas que criaram obras durante anos de chumbo

Vista da Casa das Rosas na Avenida Paulista, no centro de São Paulo, iluminada durante a noite.

Vista da Casa das Rosas na Avenida Paulista, no centro de São Paulo, iluminada durante a noite. Foto: Evelson de Freitas./AE

Durante a ditadura militar no Brasil, não foram poucas as tentativas de impedir a produção cultural dos artistas do País. Mesmo assim, da repressão veio a arte. Com o objetivo de resgatar poemas que falam ou se inspiraram nos 21 anos desse período, a Casa das Rosas promove neste sábado, 13, o sarau Poesia sem quartel.

O evento tem curadoria de Hamilton Faria e Luiz Roberto Guedes e como convidados, os escritores e poetas Álvaro Alves de Faria, Celso de Alencar, Dalila Teles Veras, Hamilton Faria, José Carlos Brito, Luiz Roberto Guedes, Renata Pallottini, Roniwalter Jatobá e Rubens Jardim.

Os artistas que cresceram sob a sombra do regime militar interpretam seus escritos de denúncia dos anos de chumbo. A maioria participou de movimentos poéticos importantes na época, outros foram censurados.

Serviço

Sarau Poesia sem quartel

Sábado, 13 de agosto, às 19h

Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura

Avenida Paulista, 37