Patrícia Centurion

- O Estado de S.Paulo

Ela poderia ser considerada uma artista, além de joalheira. Costuma trabalhar apenas com materiais exclusivos. Suas peças são resultado de todo um conceito de valorização da natureza e das pessoas. De espírito zen, em um agradável ateliê nos Jardins, Patricia recebe cada cliente, com total disponibilidade.

Tenho uma pequena coleção de peças comerciais e também desenvolvo um trabalho bem personalizado com a criança, que chamo de Fazendo Arte. Peço para que faça um desenho de algo que tenha um significado especial para ela ou da qual goste muito, como uma boneca, um urso ou um carrinho, e reproduzo em ouro e pedras, para que seja usado por ela ou pela mãe. Vira uma lembrança para a vida inteira.