Papa vai a Israel apesar de mal estar com judeus

- O Estado de S.Paulo

A anulação, concedida pelo papa Bento XVI, da excomunhão do bispo britânico Richard Williamson - que na última semana fez declarações negando a amplitude do Holocausto nazista - revoltou líderes judeus e abalou a relação entre as duas religiões. Apesar disso, autoridades israelenses informaram ontem que a visita do pontífice a Israel, prevista para maio, não será desmarcada. REUTERS