Papa pede que Brasil vete aborto e eutanásia

EFE - O Estado de S.Paulo

Em discurso ao novo embaixador do Brasil para a Santa Sé, Luiz Felipe de Seixas Corrêa, o papa Bento XVI pediu que o Brasil mantenha a proibição ao aborto e à eutanásia e falou contra as pesquisas com células-tronco embrionárias, permitidas no País. Pediu ainda que o governo proteja "que se proteja o direito do embrião de nascer".