Ortopedistas param de atender no RN

- O Estado de S.Paulo

Pela 2.ª vez em menos de dois meses, ortopedistas dos hospitais privados credenciados ao SUS em Natal (RN) suspenderam atendimento. Ontem, fila de espera no Hospital Walfredo Gurgel, o maior do Estado, contava com 56 pessoas em busca de autorização para cirurgia. Os hospitais querem o pagamento de dívida do Estado de R$ 1 milhão.