Organização da AL suspende Abdelmassih

- O Estado de S.Paulo

A Rede Latino-Americana de Reprodução Assistida (Red-Lara) suspendeu o médico Roger Abdelmassih. A Red-Lara afirma que a decisão foi tomada com base nos encaminhamentos feitos pela Justiça brasileira e na posição do Conselho Regional de Medicina, que suspendeu temporariamente o registro do médico. Acusado de ter estuprado 56 mulheres, a maioria ex-pacientes de sua clínica de fertilização, ele está preso desde 17 de agosto. No dia 2, ele havia perdido o título de cidadão paulistano. A defesa nega as denúncias e diz que o caso é tratado com sensacionalismo.