OAB-SP vai adotar prova unificada para bacharel

Marcela Spinosa - O Estado de S.Paulo

Pela primeira vez, o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) será unificado. Com isso, a prova aplicada passa a ser igual em 26 das 27 seccionais. Só Minas fará um exame exclusivo para seus formandos, conforme permite a lei.Os candidatos que farão o exame unificado terão de se preparar, na primeira fase, para responder também a questões sobre direito do consumidor e ambiental, além do Estatuto da Criança e do Adolescente. As inscrições estão abertas. A prova será aplicada no dia 17 de maio. A segunda fase, com redação de peça jurídica e cinco questões práticas, marcada para 28 de junho, também muda. O candidato pode escolher áreas de direito administrativo, constitucional e empresarial. Antes, podiam optar por penal, civil, tributário e trabalhista. Para o presidente do exame da OAB em São Paulo, Bráz Martins Neto, a adesão à prova unificada vai permitir verificar a qualidade do ensino jurídico nas mais de 300 instituições do Estado. "Teremos um balizador dos bacharéis em relação ao restante do País." A presidente da Comissão Nacional do Exame da OAB, Maria Avelina Hesketh, ressalta que a unificação permitirá avaliação dos cursos jurídicos com o mesmo critério. "Antes, cada uma das 27 seccionais elaborava e fazia sua prova." Cerca de 80 mil pessoas devem fazer o exame neste ano.