Novo acelerador de partículas é planejado

- O Estado de S.Paulo

Cientistas do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, em Campinas, projetam um acelerador de partículas três vezes maior do que o atual, que produziria quase o dobro de energia. O LNLS recebeu R$ 2 milhões do Ministério da Ciência e Tecnologia para o projeto conceitual. Se aprovado, a construção inicia em 2013, e as operações, em 2018.