Nova rodada de negociações começa na Alemanha

AFP e EFE - O Estado de S.Paulo

A nova rodada de negociações preparatórias para a Conferência Mundial sobre as Mudanças Climáticas da ONU, que ocorre em dezembro em Copenhague, começou ontem em Bonn, Alemanha, marcada por protestos de organizações ambientalistas. O encontro de 12 dias reúne cerca de 4,3 mil especialistas que pretendem colaborar com a elaboração de um novo protocolo climático que, a partir de 2012, substituirá o de Kyoto. Cerca de cem membros do Greenpeace, disfarçados de tigres, orangotangos e ursos polares, protestaram na manhã de ontem em frente ao Hotel Maritim, onde ocorrem as reuniões dos delegados. Segundo Karsten Smid, porta-voz do grupo, "as negociações estão em um beco sem saída". Para Yvo de Boer, o responsável nas Nações Unidas sobre a questão do aquecimento global, foram dados "passos muito importantes" para um novo acordo, mas as propostas de redução de emissões de gases-estufa apresentadas pelos países industrializados são insuficientes. "Até agora, as ofertas não nos conduzem a um acordo ambicioso em Copenhague", disse. Ele também fez apelo aos negociadores para que não aguardem até a última hora para apresentar nova proposta.