No Rio, novo protesto de docentes é pacífico

- O Estado de S.Paulo

Dois dias após cerca de 2 mil professores da rede estadual do Rio entrarem em confronto com PMs durante uma manifestação, ontem os educadores saíram novamente às ruas e entregaram flores aos policiais. Os professores fizeram passeata do Largo do Machado ao Palácio Guanabara e tentaram falar com o governador Sérgio Cabral, sem sucesso. Em greve há uma semana, os docentes reivindicam a inclusão dos profissionais que trabalham em regime de 40 horas no plano de carreira e a incorporação, ainda neste mandato, da gratificação do programa Nova Escola.