Nanorrobô pode fazer cirurgias no cérebro

AFP - O Estado de S.Paulo

Um robô de 250 nanômetros de diâmetro seria capaz de operar o cérebro, afirmam cientistas australianos que o desenvolveram. Segundo um dos autores do estudo, publicado na revista Journal of Micromechanics and Microengeneering, o objetivo é colocá-lo em artérias humanas. Os pesquisadores querem agora saber se ele não se perderia no organismo e se poderia ser recuperado, sendo controlado à distância.