Mulher é presa após pagar fiança usando notas com ‘cheiro de maconha’

Redação - O Estado de S.Paulo

Polícia americana suspeitou do odor e encontrou drogas no carro e na casa da acusada

Plantas de maconha produzidas pelo governo uruguaio

Plantas de maconha produzidas pelo governo uruguaio Foto: Tiago Queiroz / Estadão

Uma americana foi presa nesta sexta-feira, 6, após a polícia de Terrebonne Parish, no estado americano da Louisiana, perceber que os 5 mil dólares (cerca de 23 mil reais) que ela usou para pagar a fiança de um detento tinham “um forte odor de maconha”.  

Após sentir o cheiro suspeito do dinheiro entregue por Stormy Lynn Parfait, 33, os policiais decidiram investigar seu carro. Nele, um detetive encontrou cerca de 40 mil dólares, 100 comprimidos de clonazepam e um cartão de benefícios sociais que não estava em seu nome.

Na casa de Parfait, os policiais encontraram centenas de outros comprimidos, além de maconha, cocaína, balanças de precisão e equipamento para embalar drogas. Quatro crianças estavam na casa, posteriormente entregues a um parente de Stormy. 

Ela foi presa — sem direito a fiança — por múltiplas acusações ligadas ao contrabando e distribuição de drogas e está na prisão de Terrebonne Parish.