Morre no Rio reitor emérito do Colégio São Bento

Clarissa Thomé, Rio - O Estado de S.Paulo

Dom Lourenço de Almeida Prado, reitor emérito do Colégio São Bento, morreu na noite de anteontem, no Rio, por complicações no sistema respiratório. Ele tinha 97 anos e durante 46 esteve à frente da instituição, que está entre as melhores no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Dom Lourenço defendia que a instituição atendesse apenas meninos. Quando deixou a reitoria da escola, há sete anos, chegou-se a especular que o São Bento abriria vagas para meninas, o que ainda não ocorreu. Mesmo depois de deixar a reitoria, Dom Lourenço participava das atividades da escola, até o agravamento de seus problemas de saúde. Paulista de Itapuí, ele estava internado na enfermaria que funciona na instituição. Dom Lourenço foi sepultado no claustro do Mosteiro de São Bento.