Morre Dausset, Nobel de Medicina em 1980

AFP - O Estado de S.Paulo

O imunologista francês Jean Dausset, de 92 anos e vencedor do Prêmio Nobel de Medicina de 1980, morreu ontem em Maiorca (Espanha), onde morava havia dois anos. Ele descobriu em 1958 o sistema que permitiu contrastar a compatibilidade entre doador de órgãos e paciente nos transplantes. Os antígenos leucocitários humanos (HLAs) são moléculas existentes na superfície das células e determinam a compatibilidade de tecidos. Dausset era membro das Academias francesas de Medicina e Ciência.