Missa em SP marca início de beatificação

- O Estado de S.Paulo

Cerca de 300 pessoas de Tambaú, região de Ribeirão Preto (SP), acompanharam na manhã de ontem a missa que marcou o início da fase romana do processo de beatificação do padre Donizetti Tavares de Lima e encerrou uma vigília que ocorria desde a noite anterior. Os devotos esperam que o processo de beatificação caminhe com rapidez no Vaticano para a confirmação do que afirmam saber: que o padre faz milagres. "Eu o chamo de santo padre Donizetti, pois eu sei quem é ele", disse o maquinista aposentado Sebastião Gonçalves da Silva, de 60 anos. "O povo correspondeu à nossa expectativa, mesmo não enchendo o santuário, que é grande", destacou o padre Anderson Godoi de Oliveira, lembrando que a missa foi realizada em dia de semana e que a igreja pode abrigar 1,5 mil pessoas.