Minério achado na lua tem 4 bilhões de anos

Efe - O Estado de S.Paulo

Um grupo de cientistas de diferentes universidades analisou um pequeno grão de jacinto encontrado na lua e concluiu que ele teria 4,417 bilhões de anos, o que torna esse grão a mostra mais antiga de minério procedente de um corpo planetário do Sistema Solar. O estudo, publicado na revista Nature, estabelece uma data limite "precisa" para situar o momento exato em que o oceano de magma lunar se solidificou.