Lei garante direitos a pacientes terminais

AFP - O Estado de S.Paulo

O governo da Andaluzia, no sul da Espanha, aprovou uma lei regional, inédita no país, que reconhece uma série de direitos de pacientes terminais, como o de recusar intervenções ou de receber tratamentos para a dor. Os médicos serão obrigados a respeitar uma declaração antecipada do paciente com orientações sobre o procedimento na fase terminal de sua vida.