'Lado A, Lado B' fala de militares em presídios e da criação de mão biônica em impressora 3D

- O Estado de S. Paulo

Os gêmeos Pedro e Juliano Labigalini, de 16 anos, resumem e comentam as notícias da semana no canal do ‘Estadão’ no YouTube

SÃO PAULO - O Lado A, Lado B desta semana fala da decisão do presidente Michel Temer de deslocar as Forças Armadas para atuar em presídios, numa tentativa de controlar a crise no sistema penitenciário do País. 

Os gêmeos também comentam a extradição de Julian Assange, fundador do Wikileaks, que disse que se entregaria caso Chelsea, fonte que vazou segredos do governo americano, recebesse o perdão da pena. Chelsea já cumpriu 6 anos da pena por traição e a previsão é que seja liberada em maio.

O terceiro assunto comentado pelos irmãos é o anúncio feito pela Univap, a Universidade do Vale do Paraíba, de que desenvolveu uma mão biônica de baixo custo, produzida em impressora 3D

 O programa é uma iniciativa do Estadão para o público jovem e tem uma nova edição toda sexta-feira, às 16h, com as principais notícias publicadas no jornal durante a semana, em um vídeo de até 3 minutos. Para assistir, assine o canal do Estadão no YouTube.