Justiça proíbe e multa carvoaria no Pará

- O Estado de S.Paulo

A Justiça Federal do Pará confirmou ontem sentença provisória publicada em 2000 e proibiu as atividades de carvoarias instaladas em Jacundá, no sudeste paraense, perto da fazenda Dois Irmãos. Acusados pelo Ministério Público Federal de terem implantado 94 fornos a uma distância da cidade menor que a permitida, os proprietários foram condenados a pagar R$ 50 mil como indenização à população. A madeira também era retirada ilegalmente.