Justiça proíbe cultos em trens urbanos

- O Estado de S.Paulo

A 12.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio determinou que a concessionária SuperVia coloque avisos nas bilheterias e trens comunicando a proibição de todo tipo de culto religioso em seus vagões. A decisão prevê multa diária fixada em R$ 1 mil. Caso o usuário não respeite a decisão, será necessário o apoio da autoridade policial.