Jornalistas recebem Prêmio Estado 2007

- O Estado de S.Paulo

São 6 categorias: edição, reportagem, foto, infografia, ilustração e diagramação

Os vencedores do 7 º Prêmio Estado foram anunciados ontem no auditório do grupo. Foram 21 trabalhos premiados nas categorias Edição, Reportagem/Reportagem Especial, Fotografia, Diagramação, Infográfico e Ilustração. Neste ano, a premiação recebeu 243 inscrições. Nas categorias Reportagem/Reportagem Especial, um prêmio para o jornalismo investigativo. Christiane Samarco, com a reportagem "Golpe nas vítimas da Gol", de 5 de agosto, revelou ao País o escândalo da pilhagem de documentos e objetos pessoais dos passageiros do vôo 1907 da Gol, acidentado em 29 de setembro de 2006.A reportagem de Christiane foi também a vencedora deste ano do 52ºPrêmio Esso de Jornalismo, na categoria regional. A investigação começou com entrevistas com os familiares das vítimas em Brasília. "Soube que o documento de uma das vítimas havia sido usado para financiar um carro", diz. "A cada história que ouvia ia fazendo outros contatos e fechando outras histórias", disse. Em segundo lugar, ficou o jornalista Bruno Paes Manso, com a reportagem "Invasão no complexo do Alemão", de junho. Paes Manso foi seguido por Lourival Sant?Anna, João Domingues, Adriana Carranca e Aguinaldo Brito, Nicola Pamplona e Kelly Lima também premiados nesta categoria.Metrópole levou o primeiro lugar na categoria Edição, como resultado da cobertura da tragédia da cratera do Metrô, em janeiro deste ano. O segundo lugar ficou com Viviane Kulczynski, Luciana Constantino, Paula Pereira e Ricardo Muniz, todos do Vida&, pela cobertura da visita do papa Bento XVI ao Brasil, em maio. Completa essa lista o jornalista Augusto Olivani, do Guia, com o trabalho sobre a estréia do filme Simpsons.FLAGRANTENa categoria Fotografia, três trabalhos dividiram as atenções do júri. Em primeiro lugar, Fábio Motta, com o registro de "Seqüestradores em Ação". Motta conseguiu fotografar o exato momento em que bandidos disfarçados de policiais federais tentavam seqüestrar um empresário na Barra da Tijuca, no Rio. O flagrante foi feito durante a cobertura dos Jogos Parapan-americanos, em agosto. "Um fotógrafo tem de ter sorte", afirmou. "No intervalo entre uma competição e outra, fomos almoçar e aquela cena nos chamou a atenção."O prêmio de Motta revela a importância do trabalho jornalístico em equipe. Quem alertou o fotógrafo sobre o que estava acontecendo foi um dos motoristas do Grupo Estado.Outro flagrante, a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu se divertindo em um festa enquanto o caos aéreo se instalava nos aeroportos do País, em maio, rendeu a segunda colocação para o fotógrafo Dida Sampaio. O terceiro lugar ficou com Vivi Zanatta, pelo trabalho "Na mira: Serra brinca com fogo". Ela registrou de frente o momento em que o governador José Serra fazia a mira com um rifle. Durante a cerimônia de entrega dos prêmios, o diretor de Conteúdo do Grupo Estado, Ricardo Gandour, ressaltou a qualidade dos trabalhos vencedores."Todos os indicados são uma amostra de mais um ano de excelente produção jornalística do Grupo Estado", disse.Para o editor-chefe do jornal, Roberto Gazzi, a variedade de temas premiados neste ano revela o investimento e o incentivo do jornal na reportagem e no bom jornalismo em geral. "Houve um grande investimento em reportagens que desvendaram assuntos importantes para a sociedade, como no caso de Christiane Samarco", disse.Eduardo Baptistão ficou com a primeira e terceira colocações na categoria Artes e Ilustração, por seus trabalhos em reportagens sobre o escritor Ariano Suassuna e Karl Marx, publicadas no Caderno 2. Em segundo lugar ficou José Carlos Santos, o Carlinhos.Glauco Lara e Marcos Muller foram os ganhadores na categoria Artes e Gráficos. Durante a cobertura da visita do papa ao Brasil, Lara e Santos fizeram uma série de infográficos publicados no Vida & sobre os locais que receberam Bento XVI, em São Paulo, como o Mosteiro de São Bento, e em Aparecida.William Danilo Mariotto e Eduardo Malpelli, o Tcha-Tcho, ficaram em segundo lugar pelo trabalho sobre os Jogos Pan-americanos. O terceiro lugar coube a Marcos Muller e, novamente, Mariotto. Resultado do infográfico sobre a tragédia na linha amarela do Metrô, publicado em janeiro. Na categoria Diagramação, Jussara Guedes, Fernando Afonso Santos e Jairo Braga ficaram em primeiro lugar com o capa de um especial do Caderno 2, de 12 de maio, sobre os Beatles. Jussara e Braga foram premiados mais uma vez cada um, com outros trabalhos. Braga dividiu com Suely Andreazzi o segundo lugar e Jussara ficou com a terceira colocação. A revista Grandes Reportagens - Amazônia ficou com o prêmio especial, recebido na ocasião pela editora executiva Mariangela Hamu. OS VENCEDORES Reportagem e Reportagem Especial: Em 1.º, Christiane Samarco, com a reportagem "Golpe nas vítimas da Gol". Em 2.º, Bruno Paes Manso, com a reportagem "Invasão no complexo do Alemão". Em 3.º, Lourival Sant?Anna, com "Oriente Médio em chamas"Edição: A editoria Metrópole foi a vencedora, com a cobertura da tragédia da cratera do Metrô, em janeiro. O 2.º lugar ficou com Viviane Kulczynski, Luciana Constantino, Paula Pereira e Ricardo Muniz, da editoria Vida&, pela cobertura diária da visita do papa Bento XVI ao Brasil, em maio. Em 3.º, Augusto Olivani, do Guia, com o trabalho sobre a estréia do Filme SimpsonsFotografia: Em 1.º lugar, Fábio Motta, com Seqüestradores em Ação. Segunda colocação para Dida Sampaio, com flagrante da ex-diretora da Anac, Denise Abreu, em uma festa enquanto o caos aéreo se instalava. O 3.º lugar ficou com Vivi Zanatta, por Na mira: Serra brinca com fogoIlustração: Eduardo Baptistão ficou com a 1.ª e 3.ª colocações, por ilustrações em reportagens sobre Ariano Suassuna e Karl Marx, no Caderno 2. Em 2.º lugar, José Carlos Santos (Carlinhos), por Com o pé na porta do cânoneInfografia: Glauco Lara e Marcos Muller foram os ganhadores, com material sobre a visita do papa ao País. William Mariotto e Eduardo Malpelli (Tcha-Tcho) ficaram em 2.º pelo trabalho sobre os Jogos Pan-americanos. O 3.º lugar coube a Muller e Mariotto, com infográfico sobre a tragédia no MetrôDiagramação: Jussara Guedes, Fernando Santos e Jairo Braga ficaram em 1.º com capa do Caderno 2 sobre os Beatles. Braga dividiu com Suely Andreazzi o 2.º lugar, por A sua faca, do Paladar. Jussara acumulou a 3.ª colocação, por capa sobre a Bienal 2008Especial: A revista Grandes Reportagens - Amazônia ficou com o prêmio especial