Jesuítas elegem espanhol novo superior-geral

- O Estado de S.Paulo

A Congregação Jesuíta elegeu ontem o espanhol Adolfo Nicolás como superior-geral da Ordem. Aos 71 anos, o padre - agora conhecido como o "papa negro - foi missionário por mais de 40 anos no Japão. Atualmente, é presidente da Conferência Jesuítica da Ásia do Leste e Oceania. Nicolás substituirá o padre Peter Kolvenbah, que renunciou ao cargo, vitalício, há uma semana, por questões de idade. A Igreja Católica prepara para hoje, na praça de São Pedro, no Vaticano, uma manifestação de desagravo a Bento XVI. O motivo é a suspensão da visita que o papa faria à Universidade La Sapienza, em Roma, depois de protestos de professores e alunos da instituição. Segundo cálculos da imprensa local, 300 mil pessoas devem assistir ao ato.EFE e AFP