ISS terá tripulação de 6 homens

Reuters - O Estado de S.Paulo

Uma cápsula espacial russa partiu ontem numa missão para expandir a possibilidade de permanência de humanos no espaço. A Soyuz TMA-15, transportando o canadense Bob Thirsk, o russo Roman Romanenko e o belga Frank DeWinne, partiu numa jornada de dois dias à Estação Espacial Internacional (ISS). A cápsula deve se ligar à ISS amanhã. Os três astronautas vão se unir a três outros a bordo da ISS, formando uma tripulação permanente de seis pessoas em órbita pela primeira vez. De Winne, de 48 anos, será o primeiro comandante europeu da estação. Ele receberá o posto do russo Gennady Padalka, em outubro. A nova tripulação vai consolidar o caráter internacional da ISS, atualmente composta por Padalka, por um americano e um japonês. Especialistas dizem que a tripulação ampliada permitirá avanços na pesquisa científica.