Instituto Tomie Othake debate urbanismo com exibição de filmes na fachada do prédio

- O Estado de S.Paulo

Haverá discussão entre a relação da Arquitetura com as cidades a partir desta quinta, 4.

Cena do filme 'Meu Tio'

Cena do filme 'Meu Tio' Foto: Reprodução

A relação das pessoas com as cidades e poder da Arquitetura em tornar o ambiente mais saudável serão abordados em filmes no Instituto Tomie Othake, a partir desta quinta-feira, 4. O projeto Cinefachada exibe três obras audiovisuais até sábado, 6: Meu Tio, de Jacques Tati; a série Causando na Rua, de Tata Amaral; e Vive L'amour, de Tsai Ming-Liang.

A exibição dos filmes é ao ar livre, na fachada do instituto. O arquiteto Ruy Ohtake, o arquiteto e professor Rubens Machado e a cineasta Tata Amaral são os três convidados que irão introduzir ao público as questões centrais de cada obra antes das exibições.

Fachada do Instituto Tomie Ohtake

Fachada do Instituto Tomie Ohtake Foto: Rafael Arbex/Estadão

Em Meu Tio, Jacques Tati trata das relações e o contraste entre as casas e a vida das pessoas na cidade. A exibição é nesta quinta. Tatá Amaral faz a pré-estreia na sexta-feira, 5, da série Causando Na Rua, com três episódios acompanhando um coletivo que vê a rua como um espaço para arte. No sábado, será exibido o filme Vive L'amour, de Tsai Ming-Liang, que mostra a história de três pessoas em uma cidade marcada por um excessivo número de apartamentos desocupados. Todas as sessões começam às 19h30.

O filme Vive L'amour

O filme Vive L'amour Foto: Reprodução

Nos três dias, as primeiras 30 pessoas que comparecerem à mostra ganham um par de ingressos para visitar a exposição Picasso: mão erudita, olho selvagem, em cartaz no instituto até 14 de agosto. Em caso de chuva, o evento será cancelado

Serviço

CineFachada

De quinta,4, a sábado, 6

Insituto Tomie Othake, Avenida Faria Lima, 201, São Paulo