Imprensa dá prêmio a filme peruano

- O Estado de S.Paulo

A Fipresci, Federação Internacional da Imprensa Cinematográfica, deu a La Teta Asustada, da diretora peruana Claudia Llosa, o prêmio de melhor filme da 59.ª Berlinale. Llosa declarou que seu filme tem a "cara" da região. Outro prêmio importante foi dado a Nord, do norueguês Rune Denstad Langlo, como melhor filme da seção Panorama.