Igreja vai investigar Legionários de Cristo

- O Estado de S.Paulo

O papa Bento XVI ordenou que a ordem Legionários de Cristo seja investigada, após a revelação de que seu fundador , o reverendo mexicano Marcial Maciel, morto aos 87 anos em 2008, teve uma filha há mais de 20 anos. O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, afirmou que investigadores visitarão todas as instituições administradas pelos Legionários de Cristo. A ordem era admirada pelo papa anterior, João Paulo II, por sua visão conservadora, sua lealdade aos ensinamentos do Vaticano e sucesso no recrutamento de fiéis. Mas Maciel enfrentou durante muito tempo acusações de que teria abusado sexualmente de seminaristas.