Grávida e charmosa

- O Estado de S.Paulo

Sim, as gestantes também podem ser fashion. Com orientação e uma dose de criatividade, tudo fica mais fácil

Só mesmo quem já viveu essa fase feminina entende a dificuldade de uma gestante para se vestir sem cair no óbvio: legging-bata-vestidão, observa a consultora de estilo Daniella Passaretti. "É um desafio, porque existem poucas opções e as roupas ficam restritas ao básico, com raras exceções."

 

Por ser mãe de dois filhos, a consultora Daniella comemorou o desafio de provar para Malu Lopes, de 33 anos e com um barrigão de sete meses, que é possível uma grávida encontrar soluções bacanas.

 

Para quem curte se produzir, como Malu, ficar presa a cores e modelos tradicionais é desanimador. Recorria às lojas de gestantes, atrás de soluções mais criativas, mas esbarrava no preço. E Malu não quer desembolsar quantias altas por peças que serão logo descartadas após o nascimento do filho. Para evitar esse problema, a dica da consultora é sempre escolher aquelas que podem também ser usadas após a gravidez.

 

Como ressalta Daniella, o importante é mostrar que a mulher está grávida, e não gorda. Esse é o grande segredo. "O ideal é optar por tecidos pesados, cujo caimento ajude a marcar e diferenciar bem o colo e a barriga", explica. "Tecidos ou peças que armam criam mais volume e dão a impressão de que a mulher está gorda."

 

Por isso, batas e vestidos soltos e retos só funcionam nas grávidas se tiverem marcação feita com uma faixa logo abaixo dos seios, no estilo império, ou no final da barriga. Em alguns casos, vale lançar mão desses dois recursos ao mesmo tempo. Como as futuras mamães precisam de conforto, cintos e faixas de materiais encorpados não são indicados, mas sim aqueles de tecido molinho, para não apertarem nem incomodarem a preciosa barriga.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MODELO

 

Malu Lopes

33 anos

Professora primária

Grávida de sete meses

Altura: 1,67 metro

Peso: 80 quilos (na gravidez)

Manequim: 40, mas agora, na gestação, foi para 46

 

 

 

 

 

 

CONSULTORA: Daniella Passaretti

Formada em Moda, fez pós-graduação sobre mercado de luxo, além de vários cursos sobre consultoria de imagem. Em seu blog (www.passarettidaniella.blogspot.com) há orientações e dicas sobre tendências de moda.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MODERNA

O vermelho do casaco e os brilhos da blusa atraem o olhar para a parte superior do corpo, em vez do quadril e bumbum. Atenção para a barriga e colo bem marcados na blusa de malha. Assim, ela "fica grávida, e não gorda". A legging preta tem o franzido na canela, que dá modernidade. O truque para não encurtar a perna - o que poderia ocorrer com a junção de duas cores diferentes, como o preto da legging e o vermelho do scarpin - é mostrar o peito do pé. Se cansar do salto, vale trocar por uma sapatilha preta. Para finalizar, apenas acessórios sem brilho para não "brigarem" com os detalhes da blusa. Bolsa só se for preta e básica.

 

Legging, R$ 186, Mood Fashion Maternity (tel.: 3083-6931). Blusa, R$ 69,90, e casaco, R$ 79,90, ambos Renner (SAC 2165-2800). Scarpin Tabita, R$ 167,80, na Dona Dorff (tel.: 3032-0460). Bracelete, R$ 198, e brincos, R$ 58, Vika (tel.: 3746-9078). Bolsa, R$ 379,90, Empório Naka (tel.: 3842-6048).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ONCINHA

 

Grávidas dificilmente escolheriam estampa de oncinha, por passar um ar sexy num momento feminino angelical. Mas acessórios delicados fazem um contraponto e minimizam o estilo "mulher fatal". Nos pés, poderia usar scarpin de salto médio com lacinho ou sapatilha verniz moderninha com aplique em flor. Estampas aglomeradas e pequenas são ideais, pois não aumentam a silhueta. A bolsa colorida traz alegria e quebra o tom neutro do vestido. Para esse look, são indicados poucos e discretos acessórios, como as pulseiras e os brincos de argola.

 

Vestido, R$ 188, Zazou (tel.: 3846-6949). Bolsa, R$ 50, Le Postiche (0800-014-2828). Pulseiras, R$ 35,00, Penélope (tel.: 3045-0411). Sapatilha Tabita R$ 158, na Dona Dorff

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESCOLADA

Um look bacana para uma festinha entre amigos, um cinema... Lembrando da regra de marcar a barriga, ela preferiu usar uma faixa do mesmo tecido da camiseta amarrada no final do barrigão. A saia preta ficou dobrada na cintura para deixar as pernas mais à mostra, porém "protegidas" pela meia-calça opaca, fio 40, específica para grávidas, pois não aperta. Em outras produções, a saia pode ficar mais comprida e, por ser um curinga, continuará em uso após a gestação. Como é comum as pernas incharem durante a gravidez, a bota de camurça é aconselhável, pois seu couro maleável permite baixar o cano, franzindo-o, quando necessário. As tachas aplicadas dão a pegada rock, assim como as ferragens da bolsa nude.

 

Camiseta, R$ 143, Mammy Gestante (tel.: 3845-2216). Saia Zazou, R$ 118. Meia para gestante, fio 40, Mood Fashion Maternity, R$ 66. Bota, R$ 269, Empório Naka. Bolsa, R$ 394, Smartbag (SAC 2092-4666). Brincos, R$ 328, e anel em ouro branco e quartzo, R$ 248, Vika.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIVERTIDA

Uma produção básica, mas com estilo e charme. Como a calça com stretch está justa e a camiseta marca a barriga abaixo do quadril e colo, o colete acinturado esconde o que não se quer mostrar e dá um toque moderno. Detalhe para o decote em V da camiseta, que alonga a silhueta. Como as roupas têm tons neutros, a dica é aquecer esse visual com cores nos acessórios, como no colar, tiara florida e bolsa. Exemplo de como o bacana da moda hoje é "não combinar", mas sim misturar estilos e tons. É um jeito de brincar com o look sem medo de ousar. Da mesma forma, os babadinhos da camiseta (nos ombros) com o colete de alfaiataria. Nos pés, uma sandália anabela preta, revestida de corda e confortável, ou qualquer outro modelo de tom neutro, para evitar excesso de cores.

 

Camiseta, R$ 58, colete, R$ 98, jeans gestante, R$ 258, tudo Zazou. Colar, R$ 265, com contas lapis lazuli Vika. Tiara de flores, R$ 49, Penélope. Bolsa, R$ 70, Le Postiche. Sandália, R$ 159, Cervera (tel.: 5543-5000 ).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DICAS DE ESPECIALISTAS

 

No formato do rosto de Malu Lopes, as sobrancelhas ficariam mais harmoniosas se fossem mais retas e menos arqueadas, avalia Doran Mattos, responsável pela maquiagem e cabelo da grávida. "Como suas sobrancelhas são claras, assim como a pele, ela perde a expressão por falta de contraste", diz. "Para corrigir isso, basta escurecê-las com lápis 9B."

 

Doran recomenda sombras de tons amarronzados para deixar a maquiagem discreta. Para o dia, o indicado são as sombras opacas, batom cor de boca e rímel marrom. À noite, valem os brilhantes, rímel preto e batom vermelho, puxando para o cobre. Antes, porém, ela não pode deixar de cuidar do essencial: base no rosto e corretivo para amenizar as olheiras.

 

Sobre as madeixas, o cabeleireiro e maquiador do Studio Ph (www.studioph.com.br) explica que as mulheres gostam dos fios longos por estarem associados à sensualidade. Mas, neste caso, eles aumentam mais seu volume corporal. Por isso, o ideal seria deixá-los levemente mais curtos. Como essa proposta foi recusada por Malu, o especialista aconselha usá-los presos ou lisos.

 

As franjas são outro ponto importante: as retinhas passam uma imagem infantilizada, em vez de jovialidade. Para as mulheres, o ideal é usá-las na diagonal, porque, assim, dão ao rosto mais sensualidade.